Fala-se muito sobre Serviços de Apoio Domiciliário, mas estamos realmente conscientes da importância deste trabalho social?

Cada vez mais o adulto dependente ou idoso é consciente que é melhor ficar em casa, com as pessoas mais amadas e próximas, onde têm todas as suas recordações. Este é o objectivo principal do Serviço de Apoio Domiciliário. Permitir que adultos dependentes, idosos ou em risco de vulnerabilidade, continuem a viver em casa e no seu ambiente familiar. Facilitar e encorajar a sua autonomia no modo normal de vida, em condições de segurança e com dignidade.

O Serviço de Apoio Domiciliário é um programa individual, preventivo e de reabilitação. É um serviço muito diversificado que é sempre feito dependendo do tipo de paciente que deve ser atendido. Inclui tarefas de cuidado pessoal, organização do lar, limpeza da casa, supervisão da alimentação e da medicação, acompanhamento e apoio ou até ajuda nos exercícios de reabilitação. Refeições confeccionadas em casa com base nos seus gostos e dietas, fisioterapia, enfermagem, terapia da fala, estimulação cognitiva ou terapia ocupacional também podem ser atendidas.

Qualquer Serviço de Apoio Domiciliário deve ter como principais objectivos:

  • Facilitar a autonomia dos dependentes.
  • Melhorar a sua segurança pessoal.
  • Realizar mudanças comportamentais que melhorem sua qualidade de vida.
  • A permanência no lar tem que ser em condições de dignidade e segurança.
  • Evitar a depressão ou infelicidade que pode surgir se deixar o ambiente familiar como resultado da dependência.
  • Promover condições mais favoráveis.

É preciso ressalvar a importância dos profissionais no sector do apoio domiciliário. Na Segunda Família a organização e a coordenação são realizadas por uma equipa multidisciplinar e a assistência directa é fornecida pelos auxiliares de apoio domiciliário.

Ao contratar serviços de apoio domiciliário há certos aspectos que devem ser levados em conta. É importante que o profissional que entra na casa do dependente respeite os hábitos da casa, assim como a liberdade que cada pessoa tem em sua casa. O seu lar tem um significado emocional para o dependente, que deve ser respeitado em todos os momentos.

A Segunda Família tem o privilégio de contar com uma excelente equipa multidisciplinar que, para além de se destacar pelo profissionalismo no trabalho, possui qualidades indispensáveis ​​como empatia e valores humanos: respeito, sensibilidade, humanismo, responsabilidade e solidariedade.

Não podemos esquecer também o facto de que os serviços de apoio domiciliário nos dias de hoje são também uma ajuda para as famílias que cuidam de seus entes queridos ao longo do ano. Essa ajuda permite que eles desenvolvam actividades por alguns dias que não poderiam fazer durante o resto do ano, irem de férias, ou até mesmo apenas para descansar.

Para mais informação visite-nos em www.segundafamilia.pt

 

Pin It on Pinterest

Share This